Uncategorized

Síndrome da visão de computador

Segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), até 90% das pessoas que passam mais de três horas por dia encarando dispositivos eletrônicos têm sintomas de fadiga visual.

Para distinguir objetos próximos, um músculo se contrai e altera a forma do cristalino, espécie de geleia transparente por onde a luz passa até chegar ao fundo do olho. É esse movimento que ajusta o foco. Ao mirar longe, a musculatura relaxa.

No dia a dia, o reflexo de contração acontece o tempo inteiro, mas pode levar a algum cansaço. O uso das telas pode fazer com que as fibras musculares entrem em um estado de espasmo prolongado, aumentando o tempo para ajustar o foco em diferentes distâncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *